quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Palavras e Expressões Antigas

Há alguns dias venho matutando sobre a língua portuguesa. Realmente ela é viva, tanto por aceitar tantos estrangeirismos, quanto por adaptar se as tecnologias e também incorporar as expressões populares. Palavras e expressões vão e vem e, como na moda, podem voltar com força total. Vamos rir um pouco e relembrar?


 

Palavras e expressões antigas


 

EXPRESSÔES:

"Pela madrugada"

"Pelas barbas do profeta"

"Mil novecentos e guaraná de rolha"

"Nos tempos de Dom João Charuto"

"Sacudir o esqueleto"

"Seu borra-botas!"

"Mas que banzé é esse?" (confusão)

"Do balaco-baco"

"Lavar a égua" (ficar satisfeito com bom negócio ou boa coisa)

"Ora bolas"

"Lelé da cuca" (doido)

"Deu Tilt" (defeito)

"Na Crista da onda" (Sucesso, por cima)


 

PALAVRAS:


 

  • Decalque (adesivo)
  • Bilisquete (dançar o bilisquete)
  • Patota (galera)
  • Broto (menina bonita)
  • Mora? (entendeu?)
  • Alpendre (uma espécie de varanda das casas mais antigas)
  • Quiproquó (confusão)
  • Manguaça!(pessoa que bebe mto)
  • Disgaiar (virar para: direita ou esquerda)
  • Supimpa
  • Borocoxô (triste, pra baixo)
  • Batuta
  • Lorota (mentira)
  • Putz (ainda em uso)
  • Putz Grila (esta só nos anos 60 mesmo, haha)
  • Patota (turma, galera)
  • Paquerar
  • Muvuca (não tão velha, mas em desuso)
  • Gaita (dinheiro)
  • Mangos (dinheiro)
  • Tá russo (ruim)
  • Cricri (chato)
  • Chaveco (cantada)

E muitas outras que existem. Você sabe alguma?

10 comentários:

Geovane Oliveira disse...

Putz grila, fiquei borocoxô e acabei num quiproquó depois de gastar todo meu mango e fica na maior manguaça!


kkkkkk

ddddddddd disse...

podia so por o que significa cada expressão e a,melhor

Julia disse...

Chuva de galocha, lágrima de crocodilo, casa da mãe Joana ...

Anônimo disse...

mademoiselles,janotas rapagões,pé de alfares,balaio,etc

roxana maria Filett disse...

quiprocó é mais antiga que se pensa. Expressão latina! Quid pro quo
que significa "tomar uma coisa por outra". Refere, no uso português e de todas as línguas latinas, uma confusão ou engano. Tem origem medieval, tendo sido usada, na sua origem, para referir um engano no uso de termos latinos num texto.[1] Também podendo significar "Isso por aquilo". (origem http://pt.wikipedia.org/wiki/Quid_pro_quo)

Unknown disse...

Vitrô (janela) , estrovando (atrapalhando) , camelo (bicicleta) , aranha (bicicleta)

Anônimo disse...

Basculante- janela pequena
Derradeiro- por último
dentifrício- pasta dental
atacador- cadarço de sapatos
obrar- defecar

ANA A

Anônimo disse...

chancao = pe grande
gadeia = cabelo sem pentear

Anônimo disse...

Guarda a Loiça na Pitisqueira, feixecre, Aqui tem um Miquitório?

Anônimo disse...

Guarda a Loiça na Pitisqueira, feixecre, Aqui tem um Miquitório?